Nasa investiga vazamento de água em capacete após caminhada espacial

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 20:16 BRT
 

CABO CANAVERAL, Estados Unidos (Reuters) - Dois astronautas norte-americanos terminaram uma caminhada espacial de seis horas e meia nesta quarta-feira para preparar os locais de acoplamento de novas espaçonaves comerciais e descobriram posteriormente que houve vazamento de água de um capacete, um problema que levou ao quase afogamento de outro astronauta em 2013, disseram autoridades.

Ao contrário do incidente de 2013, o astronauta Terry Virts não correu perigo, disse o comentarista da missão da Nasa, Rob Navias.

Virts descobriu que uma pequena quantidade de água estava flutuando em seu capacete depois que ele e o colega da caminhada espacial Barry "Butch" Wilmore voltaram à câmara de ar da estação após uma excursão bem-sucedida.

"Eu realmente não consigo ver qualquer perigo imediato", afirmou por rádio a engenheira de voo da estação, a italiana Samantha Cristoforetti, ao Controle da Missão em Houston.

Em julho de 2013, a Nasa rapidamente abortou uma caminhada espacial quando o capacete usado pelo astronauta italiano Luca Parmitano começou a encher de água. No momento em que ele voltou à câmara, sua visão foi bloqueada e equipamentos de comunicações pararam de funcionar.

A Nasa suspendeu as caminhadas espaciais enquanto os engenheiros procuravam a causa do problema. Engenheiros ainda não sabem por que o capacete de Virts vazou, nem se o problema está relacionado ao incidente anterior, disse Navias.

Os gerentes da Nasa planejam se reunir na sexta-feira para decidir se desejam prosseguir com a caminhada no domingo, acrescentou ele.

Durante a caminhada espacial desta quarta-feira, os astronautas removeram uma tampa de proteção onde os ônibus espaciais acoplam, um dos dois locais que estão sendo reconfigurados para novas espaçonaves em desenvolvimento pela Boeing e a Space Exploration Technologies, ou SpaceX.

O trabalho abre caminho para a chegada no fim deste ano de dois adaptadores de acoplamento internacionais, que serão instalados durante mais quatro caminhadas espaciais planejadas pela Nasa em 2015.

 
Astronauta da Nasa Terry Virts durante tarefa na Estação Espacial Internacional. 23/02/2015.   REUTERS/NASA/Divulgação