7 de Março de 2015 / às 20:39 / 2 anos atrás

Sérvia e França vão às quartas de final da Copa Davis

(Reuters) - Novak Djokovic empurrou a Sérvia rumo à vitória por 3-0 sobre a vizinha Croácia pela primeira rodada da Copa Davis neste sábado. A Sérvia irá agora se juntar à França nas quartas de final da competição.

O avanço britânico foi colocado em suspenso depois da derrota na emocionante partida de duplas com os Estados Unidos neste sábado.

Atual campeã, a Suíça, sentindo a ausência de Roger Federer e Stanislas Wawrinka, perdia para a Bélgica por 2-1, enquanto a República Tcheca ainda tinha chances diante da Austrália.

Número 1 do mundo, Djokovic, que substituiu Viktor Troicki na última hora, fez dupla com Nenad Zimonjic e derrotou Marin Draganja e Franko Skugor por 6-3, 6-4 e 6-1, na cidade sérvia de Kraljevo.

Os torcedores, que apoiaram a Sérvia, mas também deram aos croatas uma recepção calorosa ao longo do confronto, levaram um susto quando Djokovic recebeu tratamento médico por causa de um corte na mão direita.

Mas eles ficaram aliviados ao ver seu herói continuar e apresentar uma de suas melhores atuações em duplas, enquanto Zimonjic, de 38 anos, parecia ter feito os anos voltarem atrás.

“Novak jogou inacreditavelmente bem hoje e estamos felizes por ter garantido uma vaga nas quartas de final”, disse Bogdan Obradovic, técnico da Sérvia.

Djokovic acrescentou: “Nós decidimos que eu deveria jogar no lugar de Viktor porque era a melhor combinação no momento”.

“Abrir 2-0 no primeiro dia nos deu uma enorme confiança e fizemos tudo certo hoje, do primeiro ao último ponto.”

Tendo vencido seus dois primeiros jogos de simples contra os norte-americanos depois de Andy Murray bater Donald Young e James Ward ter se recuperado heroicamente para vencer John Isner, na sexta-feira, a Grã-Bretanha quase conseguiu outra impressionante recuperação na partida de duplas.

O irmão de Murray, Jamie, e Dominic Inglot estavam dois sets atrás da melhor dupla do mundo, os irmãos Bob e Mike Bryan, mas foram empurrados pela torcida em Glasgow, e o duo britânico se recuperou na partida.

Enquanto o capitão norte-americano, Jim Courier, observava ansiosamente do lado da quadra, os gêmeos Bryan conseguiram levar o confronto para o terceiro dia ao vencer por 6-3, 6-2, 3-6, 6-7 (8) e 9-7.

Liderando por 2-1, os britânicos agora depositam suas esperanças em Andy Murray diante de Isner, no primeiro jogo do domingo.

A recompensa dos vencedores será enfrentar a França nas quartas de final. Os franceses bateram a Alemanha, depois que Julien Benneteau e Nicolas Mahut venceram Benjamin Becker e Andre Begemann por 6-4, 6-3 e 6-2.

A Austrália perdeu a chance de selar a sua classificação contra os tchecos depois que Jiri Vesely e Adam Pavlasek derrotaram Lleyton Hewitt e Sam Groth por 1-6, 7-6 (2), 3-6, 7-6 (4) e 6-2.

“Foi um jogo difícil, mas nos mantivemos lutando e conseguimos dar a volta por cima”, disse Vasely.

“No final do quarto set e durante todo o quinto, Adam jogou com perfeição.”

A Itália assumiu a liderança por 2-1 diante do Cazaquistão.

Por Zoran Milosavljevic

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below