Avião procedente da Venezuela com cocaína cai na costa da Colômbia

quarta-feira, 20 de maio de 2015 17:25 BRT
 

BOGOTÁ (Reuters) - Um avião carregado de cocaína procedente da Venezuela caiu nesta quarta-feira no mar do Caribe, na costa da Colômbia, ao fugir da perseguição de aeronaves militares que tentaram forçar o piloto a pousar, disse a Força Aérea colombiana.

Na região onde o bimotor HAWKER 800 caiu, em frente a Puerto Colombia, no departamento do Atlântico, unidades da Marinha encontraram o corpo de um homem, um passaporte mexicano, os destroços e pacotes com cocaína.

"No desenvolvimento de uma operação de interdição aérea pela Força Aérea colombiana e posteriormente uma operação da Marinha, uma aeronave usada para o tráfico de droga foi encontrada na área de Puerto Colombia - Atlântico, depois de cair", afirmou a Força Aérea em comunicado.

A aeronave entrou no espaço aéreo colombiano ilegalmente procedente da Venezuela e os aviões da Força Aérea interceptaram e tentaram forçar a tripulação a pousar, disseram autoridades consultadas pela Reuters.

Um vídeo gravado de um dos aviões militares pegou o momento em que o bimotor caiu no mar. A quantidade de droga encontrada não foi imediatamente informada.

Devido à sua posição geográfica ao longo do Caribe, a Venezuela se tornou um ponto estratégico para a exportação de uma parte da droga colombiana destinada à Europa e aos Estados Unidos, o maior consumidor de entorpecentes do mundo, de acordo com fontes de segurança.

A Colômbia é considerada um dos maiores produtores mundiais de cocaína, com cerca de 300 toneladas por ano, uma atividade que envolve cartéis de drogas, guerrilhas esquerdistas e grupos criminosos de ex-paramilitares de ultradireita.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)