Voo da Air France é escoltado até Nova York após ameaça

segunda-feira, 25 de maio de 2015 16:06 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Um voo da Air France que partiu de Paris foi escoltado por dois caças F-15 dos Estados Unidos até o Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York, nesta segunda-feira, após uma ameaça anônima feita contra o avião, segundo os militares norte-americanos.

O voo 22 procedente do Aeroporto Charles de Gaulle pousou em segurança em Nova York, afirmou uma autoridade aeroportuária.

Dois aviões de combate da Força Aérea dos EUA foram mobilizados como medida de precaução para monitorar o voo na aproximação a Nova York, disse Richlyn Ivey, tenente-comandante da Marinha e porta-voz do Comando de Defesa Aeroespacial Norte-Americano e do Comando Norte dos EUA.

A ameaça anônima foi feita por telefone a um quartel da polícia estadual de Maryland na manhã desta segunda-feira, declarou a polícia.

"A pessoa que ligou fez uma ameaça de bomba envolvendo uma aeronave comercial", informou a polícia estadual de Maryland em um comunicado.

Citando uma autoridade de alto escalão dos EUA não identificada, a rede de televisão ABC News disse que a pessoa em questão fez uma ameaça de uso de armas químicas a bordo do avião.

A ABC afirmou que o avião seria levado a uma área segura para ser vistoriado, e que a ameaça não foi considerada crível.

A aeronave pousou, foi esvaziada e liberada sem incidentes ou riscos relatados pelos passageiro ou tripulantes, disse o porta-voz do FBI, J. Peter Donald.

O jornal New York Post afirmou que 165 passageiros e 11 tripulantes estavam a bordo do Airbus A330, mas esses números não foram confirmados de forma independente.   Continuação...

 
Avião da Air France decola do Aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, na França, em abril. 08/04/2015 REUTERS/Gonzalo Fuentes