Nossa cabeça está totalmente voltada ao campo, afirma Dunga

quinta-feira, 28 de maio de 2015 20:15 BRT
 

(Reuters) - A comissão técnica da seleção brasileira está totalmente concentrada no campo de jogo, garantiu o técnico Dunga nesta quinta-feira, em meio a denúncias de corrupção envolvendo dirigentes de futebol.

"Nossa parte é muito técnica, inclui muito o campo e o presidente Marco Polo (del Nero) está dando todas as condições para nós trabalharmos", disse Dunga a jornalistas em Porto Alegre.

"(A comissão) está pensando na Copa América e na eliminatória...O nosso trabalho continua e nossa cabeça está totalmente voltada para o campo", completou ele, que começa a preparar a equipe na semana que vem para a Copa América de junho.

Sete dirigentes da Fifa, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin, foram presos na quarta-feira na Suíça sob acusações de corrupção e podem ser extraditados para os Estados Unidos.

O atual presidente da CBF, Marco Polo del Nero, que estava na Suíça para o Congresso da Fifa, está voltando ao país nesta quinta-feira, segundo uma fonte ligada ao dirigente, um dia antes da eleição presidencial da entidade que controla o futebol mundial, que tem Joseph Blatter como favorito para iniciar um quinto mandato.

A CBF informou nesta quinta-feira que entregou ao Ministério Público Federal, no Rio de Janeiro, os contratos firmados pela entidade em gestões anteriores, e que "manifestou o seu apoio integral a toda e qualquer investigação".