Conmebol coloca em dúvida realização da Copa América Centenário em 2016 nos EUA

terça-feira, 2 de junho de 2015 10:46 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A realização da Copa América Centenário em 2016 nos Estados Unidos está em dúvida após o escândalo provocado pela investigação de supostos pagamentos de subornos no futebol mundial, disse um alto dirigente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

"Temos que colocar uma extraordinária interrogação sobre a possibilidade de jogar essa Copa", disse o argentino José Luis Meiszner, secretário-geral da Conmebol, durante entrevista à Rádio América, de Buenos Aires.

"Hoje o presidente de uma das confederações está detido, hoje as empresas detentoras de direitos têm seus fundos bloqueados... ninguém seriamente pode dizer que as coisas no futuro vão ser como estão previstas", acrescentou.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusou na semana passada nove dirigentes da Fifa e cinco executivos de empresas de marketing esportivo, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin, por supostas participações em casos de suborno, envolvendo mais de 150 milhões de dólares durante mais de duas décadas.

Sete dirigentes da Fifa, quase todos latino-americanos, foram presos em Zurique com base na investigação, que se tornou o maior escândalo na história da Fifa em 111 anos de história.

Como parte da investigação, as autoridades acusaram a Conmebol de participar de um escândalo de suborno de 100 milhões de dólares na concessão de direitos comerciais para diversas edições da Copa América, incluindo a que começa na próxima semana no Chile, além da Copa América Centenário de 2016.

(Reportagem de Eliana Raszewski)

 
Sede da Conmebol em Luque, no Paraguai. 27/05/2015 REUTERS/Jorge Adorno