28 de Novembro de 2015 / às 16:18 / em 2 anos

Rosberg leva a sexta pole position da temporada

ABU DHABI (Reuters) - Nico Rosberg anotou sua sexta pole position seguida e negou ao companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, a marca simbólica de 50 na Fórmula 1, neste sábado, no treino classificatório para o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada.

O alemão, que corre com o número seis no seu carro, deixou o melhor para o fim, com uma excelente volta debaixo das luzes do circuito de Yas Marina, que derrubou o tricampeão mundial da primeira posição do grid.

"Estou mais rápido no momento e muito feliz por causa disso. Estou aproveitando o momento e feliz por estar na pole novamente", disse Rosberg, que estava preocupado, depois dos treinos de sexta-feira, porque está usando um motor com muita quilometragem.

Hamilton havia chegado ao topo apenas segundos antes, mas Rosberg, o vencedor das últimas duas corridas, melhorou seu jogo para cruzar a linha 0s377 mais rápido que o adversário e repetir a pole de 2014.

Com os dois campeonatos decididos há muito tempo, para Hamilton e a Mercedes, a corrida de domingo parece um duelo entre os dois companheiros de equipes, ambos determinados a irem para as férias com uma vitória nas costas.

A 15ª primeira fila dos dois foi um recorde para uma única temporada e mais uma marca pode ser derrubada no domingo, porque a Mercedes pode encerrar outra temporada dominante com uma dobradinha.

"Eu realmente tive alguns problemas com o carro", disse Hamilton, que foi o mais rápido nas duas primeiras etapas do classificatório.

"Estivemos trabalhando muito forte para fazer algumas mudanças, tivemos que tirar coisas do carro, mas Nico foi apenas muito rápido", acrescentou o britânico, que se conforta com o fato de que apenas uma vez em seis anos a corrida foi vencida pelo pole position.

Hamilton venceu ano passado e está atrás da sua 44ª vitória na carreira - com o carro número 44 no 44° aniversário da fundação dos Emirados Árabes Unidos.

Kimi Raikkonen, da Ferrari, e Sergio Pérez, da Force India, compõem a segunda fila atrás dos pilotos da Mercedes.

O tetracampeão Sebastian Vettel, companheiro de Raikkonen e vencedor de três corridas este ano, classificou-se apenas em 16° depois que o time acreditou que a sua volta seria suficiente para ele avançar à próxima fase.

"O carro está muito bom este final de semana", disse Raikkonen, que terá um jogo de pneus super-macios para a corrida, ao contrário dos dois carros a sua frente. "Eu sabia que havia espaço para melhorar. Ainda foi um pouco atrás do que os outros dois fizeram".

O australiano Daniel Ricciardo começa em quinto lugar, com a sua Red Bull, e Valtteri Bottas, da Williams, está ao seu lado na terceira fila.

Romain Grosjean, da Lotus, que irá para a Haas na próxima temporada, classificou-se em 15°, após encostar o carro na segunda fase por causa de um problema com a marcha.

A McLaren, com motor Honda, recebeu notícias melhores, com Jenson Button classificando-se em 12° lugar, ao final da pior temporada da história deles.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below