Preços do petróleo atingem novas mínimas desde 2009 com aumento do excedente

terça-feira, 8 de dezembro de 2015 13:30 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo mudaram de direção e voltaram a cair nesta terça-feira, com a commodity negociada nos Estados Unidos (WTI) caindo abaixo de 38 dólares por barril e o Brent operando abaixo de 40 dólares pela primeira vez desde o início de 2009, com um excedente global no mercado se intensificando.

O excesso de oferta está sendo agravado pelo fracasso da Opep, na semana passada, de acordar um limite máximo de produção, com integrantes da organização, como Irã e Iraque, prometendo elevar a produção e as exportações no próximo ano.

Os contratos futuros do Brent e do WTI já tinham caído mais de 6 por cento na segunda-feira e nesta terça-feira atingiram níveis vistos pela última vez na crise de crédito de 2008/09.

"Os níveis mais baixos ocorrem em grande parte como resultado de um foco renovado em fundamentos, agora que a esperança dos altistas para um corte da Opep está fora a mesa", disse a JBC Energy em uma nota.

A ausência de um acordo sobre níveis de produção da Opep significa que os principais integrantes estão se preparando para novas batalhas pela participação em um mercado já fortemente marcado por um excesso de oferta --o consumo está quase 2 milhões barris por dia inferior ao que vem sendo produzido.

Se Brent cair abaixo de 36 dólares por barril, atingiria níveis vistos pela última vez em 2004, no início do chamado super ciclo de commodities.

(Por Simon Falush e Dmitry Zhdannikov)