Putin diz que Rússia está disposta a usar "mais meios militares" na Síria, segundo agências

sábado, 19 de dezembro de 2015 16:01 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - As Forças Armadas russas não empregaram toda sua capacidade de combate na Síria e poderão usar "mais meios militares" se necessário, disse o presidente da Rússia, Vladimir Putin, segundo agências de notícias locais neste sábado.

"Estamos vendo a maneira eficiente que nossos pilotos e agentes de inteligência coordenam seus esforços com vários tipos de forças: o Exército, a Marinha e a Aeronáutica, como usam as armas mais modernas", disse Putin durante discurso, segundo as reportagens.

"Quero enfatizar que estas não representam todas as nossas capacidades... temos mais meios militares e os usaremos se precisarmos", acrescentou.

Mais cedo, Putin declarou que Moscou pode trabalhar facilmente com todas as partes envolvidas nos esforços para resolver o conflito na Síria, incluindo Estados Unidos e o presidente sírio, Bashar al-Assad.

"Em relação à crise síria, consideramos que é fácil trabalhar com o presidente Assad e com os Estados Unidos. Recentemente conversei sobre isso com o presidente norte-americano, Barack Obama, e com nossos amigos de Arábia Saudita e de outras nações árabes", disse Putin.

As agências de notícias afirmaram que as declarações de Putin foram obtidas a partir de um documentário a ser exibido pela televisão russa no domingo.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)