Lucro da indústria chinesa cai pelo sexto mês seguido

domingo, 27 de dezembro de 2015 17:22 BRST
 

BEIJING, 27 Dez(Reuters) - Os lucros das indústrias chinesas caíram 1,4 por cento em novembro na comparação com o mesmo mês de 2014, marcando o sexto mês consecutivo de declínio, mostrou neste domingo o bureau de estatísticas do país.

Os lucros industriais - que cobrem grandes empresas com receita anual de mais de 20 milhões de yuans (3,1 milhões de dólares) nas suas operações principais - caíram 1,9 por cento nos primeiros 11 meses do ano comparado com o mesmo período do ano anterior, disse em seu site o National Bureau de Estatísticas. Em novembro, os lucros da indústria tiveram alguma melhoria em relação ao mês anterior. Em outubro, a queda foi de 4,6 por cento em relação ao mesmo mês do ano anterior.

"Os números de novembro mostram alguns sinais de estabilização, o que tem relação com dados recentes de outros países asiáticos", disse Zhou Hao, economista chinês do Commerzbank em Cingapura, acrescentando que os números foram marginalmente melhores do que o esperado pelo mercado.

O aumento nos lucros de novembro das empresas automotivas e do setor de energia, 35 por cento e 51 por cento maiores que no ano anterior, respectivamente, ajudaram a diminuir a queda geral, informou o bureau de estatísticas. "O declínio nos lucros da indústria diminuiu em novembro, mas as incertezas se mantém", afirmou He Ping, oficial no departamento de indústria do NBS.

Os lucros das empresas estatais colocadas entre as maiores empresas chinesas teve uma queda de 23 por cento nos primeiros 11 meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2014. A área de mineração se mantém como a mais lenta, com os lucros caindo 56,6 por cento no mesmo período.

(Por Winni Zhou e Norihito Shirouzu)