Del Nero retorna ao comando da CBF

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016 09:49 BRST
 

(Reuters) - Marco Polo Del Nero retornou ao comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na terça-feira, pouco mais de um mês após se licenciar da presidência da entidade em meio a acusação de envolvimento em esquema de corrupção investigado pela Justiça dos Estados Unidos.

Del Nero havia se licenciado do cargo em 3 de dezembro, dia em que autoridades norte-americanas informaram que o dirigente estava entre dezenas de indiciados por suspeita de envolvimento em esquema de recebimento de propina em negociações para venda de direitos de marketing de torneios de futebol.

Marcus Antônio Vicente, vice-presidente da CBF apontado por Del Nero para substituí-lo interinamente durante sua licença, anunciou na terça-feira que estava deixando o posto.

"Cumpri a minha missão como interino na CBF. Estava combinado com o presidente licenciado Marco Polo Del Nero que eu ficaria até 5 de janeiro", disse o dirigente em vídeo publicado no site da confederação.

Em nota, a CBF acrescentou: "Com a saída de Vicente, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, retoma as atividades".

Assim como Del Nero, o ex-presidentes da CBF Ricardo Teixeira e José Maria Marin também foram indiciados pela Justiça dos EUA. Marin atualmente cumpre prisão domicilar em Nova York, após ser extradidato pela Suíça a pedido da Justiça norte-americana.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, durante depoimento na CPI do Futebol. 16/12/2015 REUTERS/Ueslei Marcelino