Datafolha tem empate técnico Marina-Aécio; Ibope ainda vê vantagem da ex-senadora

quinta-feira, 2 de outubro de 2014 20:42 BRT
 

Por Alexandre Caverni

SÃO PAULO (Reuters) - Novas pesquisas Datafolha e Ibope divulgadas nesta quinta-feira são diferentes nas intenções de voto para o primeiro turno apenas sobre um dos principais candidatos, Aécio Neves (PSDB). Mas esta diferença faz com que numa delas o tucano esteja em empate técnico com Marina Silva (PSB) na disputa pelo segundo lugar na corrida presidencial.

Dilma Rousseff (PT) aparece com 40 por cento e Marina com 24 por cento das intenções de voto nas duas sondagens. Mas Aécio tem 21 por cento no Datafolha e 19 por cento Ibope. Como a margem de erro das duas pesquisas é de 2 pontos percentuais, pelo Datafolha o tucano e a candidata do PSB estão em empate técnico.

Todas as variações registradas dos principais candidatos nos dois levantamentos foram dentro da margem de erro. Na terça-feira, o Datafolha mostrava Dilma com 40 por cento, Marina com 25 por cento e Aécio com 20 por cento. Pelo Ibope, a presidente tinha 39 por cento, a candidata do PSB aparecia com 25 por cento, e o tucano somava os mesmos 19 por cento.

Ainda que as variações tenham sido na margem de erro, Marina oscilou para baixo nas duas pesquisas, mantendo a trajetória de queda. O caso de Aécio é mais complicado: confirmou trajetória de alta no Datafolha, mas seguiu estagnado no Ibope.

Mas as pesquisas têm diferenças: no Datafolha, os que planejam votar em branco e nulo somam 5 por cento, enquanto no Ibope eles são 8 por cento; já os indecisos somam, respectivamente, 5 por cento e 7 por cento. Os demais candidatos têm ao todo 4 por cento das intenções de voto no Datafolha e 3 por cento no Ibope.

Um detalhe importante: as entrevistas do Datafolha são mais recentes, foram realizadas entre quarta e quinta-feira. As do Ibope ocorreram entre segunda e quarta-feira.

"Somadas" as informações das duas pesquisas fica cada vez mais clara a realização do segundo turno, mas a grande incerteza da reta final do primeiro turno, quem vai disputar a nova rodada com Dilma, segue sem definição.

Com o encerramento oficial da campanha nesta quinta-feira, com a propaganda eleitoral obrigatória na TV acontecendo nesta noite, assim como a realização do último debate, não resta muito a fazer até domingo.   Continuação...

 
Dilma Rousseff (PT) cumprimenta Marina Silva (PSB) enquanto é observada por Aécio Neves (PSDB) antes de primeiro debate entre candidatos à Presidência. 26/08/2014. REUTERS/Paulo Whitaker