PT tentará desconstruir "mito" da boa gestão tucana, diz Rui Falcão

quarta-feira, 8 de outubro de 2014 19:27 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - Nas próximas semanas a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição tentará destruir o "mito" de que tucanos são bons gestores e também ampliará a busca de votos em São Paulo, afirmou nesta quarta-feira o presidente do PT, Rui Falcão.

"Nós vamos mostrar o desempenho das gestões tucanas em Minas Gerais e em outros lugares para demolir esse sofisma de que eles são bons gestores", disse Falcão a jornalistas após reunião da Executiva Nacional do partido em Brasília.

Segundo Falcão, durante a reunião ficou definido que é preciso esclarecer que o projeto de mudança do candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, é uma volta ao passado.

"É necessário deixar claro para a população que o projeto de mudança do nosso adversário é uma mudança em direção ao passado e nós propomos mudanças em direção ao futuro", disse.

O presidente do PT afirmou ainda que a situação de Dilma em São Paulo, onde Aécio teve uma grande vantagem no primeiro turno, também foi discutida na reunião, e o tema será ainda mais aprofundado na quinta-feira, durante uma reunião do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com dirigentes do partido em São Paulo.

Em todo o Brasil, Dilma obteve no último domingo 41,59 por cento dos votos válidos, enquanto Aécio chegou a 33,55 por cento. Mas em São Paulo o tucano teve 44,22 por cento, enquanto a presidente somou apenas 25,82 por cento.

Uma série de medidas de adensamento de votos em São Paulo será tomada nas próximas semanas, de acordo com Falcão, que não detalhou quais seriam essas ações.

A própria Dilma reconheceu, na terça-feira, o mau desempenho nas urnas no Estado, maior colégio eleitoral do país. "Eu não tive votos, não tem diagnóstico mais simples e mais humilde... voto a gente pode fazer todas as suposições, mas tem que partir desse princípio: ir buscá-lo", disse a presidente, acrescentando que no segundo turno apresentará "propostas específicas" para o Estado.

Ao falar sobre as propostas para a economia, que tem apresentado desempenho fraco no atual governo, Falcão afirmou que a inflação está sob controle e que o objetivo é manter o crescimento, "sem arrocho, sem desemprego, sem recessão, sem choques".   Continuação...

 
Presidente do PT, Rui Falcão, em entrevista em Brasília.  29/7/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino