Em campanha no NE, Dilma ressalta transformação na região e critica Aécio

quarta-feira, 8 de outubro de 2014 21:49 BRT
 

(Reuters) - A presidente Dilma Rousseff (PT) reiniciou sua campanha eleitoral no Nordeste, prometendo continuar a transformação que seu governo e o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fizeram na região, onde ela teve a maioria dos votos domingo passado. E aproveitou para criticar Aécio Neves (PSDB).

"Tem gente que olha para o Nordeste com preconceito e não acompanha tudo o que vem acontecendo aqui, nessa região do país", disse, em evento com militantes e lideranças locais.

"Tenho orgulho de dizer que fizemos uma transformação no Nordeste, mas sabemos que tem muita coisa para ser feita ainda", acrescentou. "Temos uma dívida histórica com o Nordeste. Todo presidente ou presidenta tem."

Dilma, que tenta a reeleição, iniciou seu discurso agradecendo a votação na região.

"Não poderia recomeçar a campanha por outro lugar. O Piauí me deu a mais consagradora votação", disse a presidente em Teresina. No Estado, ela recebeu 70,6% dos votos válidos no primeiro turno, sua maior porcentagem estadual.

Agora, a petista e o tucano correm atrás dos eleitores de Marina Silva (PSB), que ficou em terceiro lugar no país, mas foi a segunda mais votada no Nordeste. Enquanto a presidente teve 16,4 milhões de votos, Aécio somou 4,2 milhões e Marina, 6,3 milhões.

CUTUCANDO AÉCIO

A presidente não perdeu a oportunidade de atacar o candidato do PSDB, dizendo que quando esse partido governava o Brasil ignorava a região.   Continuação...

 
A presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, concede entrevista coletiva após o primeiro turno das eleições, em Brasília, domingo. 05/10/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino