Aécio diz que deve anunciar novos nomes para ministério na próxima semana

sexta-feira, 10 de outubro de 2014 20:08 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, disse nesta sexta-feira que na próxima semana deve anunciar até mais dois nomes que vão compor seu ministério, caso seja eleito em 26 de outubro.

O tucano não adiantou nomes nem as áreas que eles atuariam, mas afirmou que são do gabarito do ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, que será o ministro da Fazenda de um eventual governo do PSDB.

“No correr da próxima semana podemos ter alguma novidade que sinalizará no mesmo patamar, no nível de governo que representa a presença de Armínio Fraga”, disse ele a jornalistas em um hotel da zona sul do Rio de Janeiro.

Aécio afirmou que, se eleito, ajudará a criar um ambiente econômico positivo, capaz de atrair investimentos, diferentemente do que aconteceu na eleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2002, quando o dólar teve um repique e a inflação subiu.

“Esse ambiente positivo e de serenidade, confiança no futuro, nos permitirá logo de início uma redução da taxa de juros de longo prazo”, afirmou o tucano.

“O Brasil não pode continuar terceirizando responsabilidades... não justifica estarmos ao lado da Venezuela e agora da Argentina na lanterna do crescimento na nossa região nesses últimos anos.”

Ainda na linha econômica, que deve dominar o debate no segundo turno, Aécio reiterou seu compromisso, caso seja eleito, com a revisão do fator previdenciário, correção da tabela do imposto de renda pela inflação e valorização real do salário mínimo, além de prometer a construção de 6 mil creches pelo país.

O tucano aproveitou também para falar sobre a viagem que fará a Pernambuco no sábado para receber o apoio do PSB local e do grupo político do ex-presidenciável do PSB Eduardo Campos, morto em agosto.

Questionado sobre um eventual apoio da ex-candidata do PSB Marina Silva, que assumiu a candidatura após a morte de Campos, Aécio disse que a ex-ministra tomará a decisão "no tempo certo" e que será respeitada.   Continuação...