Fabricante de chips Qualcomm espera arrematar CSR

quarta-feira, 15 de outubro de 2014 12:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A fabricante norte-americana de chips Qualcomm aceitou comprar a CSR por 2,5 bilhões de dólares, oferecendo o que espera ser um golpe certeiro para arrematar a especialista britânica em soluções Bluetooth, que está crescendo em áreas como equipamentos automotivos e acessórios.

Maior fabricante de chips móveis do mundo, a Qualcomm aceitou pagar 900 pences por ação em dinheiro para a CSR, um prêmio de 56,5 por cento sobre o preço da ação antes do início do período da oferta em agosto, disse a CSR nesta quarta-feira.

Naquela época, a empresa britânica rejeitou uma abordagem de fabricante de chips US Microchip Technology, dizendo que a oferta não era suficiente. Ambas seguiram em negociações para chegar a um acordo, com um prazo imposto pelos reguladores do Reino Unido para a quarta-feira.

O presidente-executivo da Qualcomm Steven M. Mollenkopf disse que a compra da CSR permitiria diversificação para mercados como de chips Bluetooth sem fio e processamento de áudio utilizado em áudio portátil, controles de automóveis e dispositivos como relógios de pulso.

"A combinação de oferta altamente avançada de tecnologias de conectividade da CSR com forte histórico de sucesso nestas áreas irá destravar novas oportunidades de crescimento", disse ele.

Fabricante dominante de chips para smartphones, a Qualcomm tem procurado se expandir para além do mercado de telefonia em áreas emergentes, como eletrodomésticos sem fio e outros dispositivos conectados, conhecido como "Internet das Coisas".

(Por Paul Sandle)