October 17, 2014 / 8:04 PM / in 3 years

Musical 'On the Town' está de volta à Broadway

4 Min, DE LEITURA

NOVA YORK (Reuters) - O musical "On The Town" está de volta à Broadway, 70 anos depois da sua estreia, em um renascimento que os críticos classificaram como "efervescente e brincalhão" e "um show magistral."

O musical, que estreou na quinta-feira com uma orquestra completa com 28 posições, conta a história de três marinheiros que procuram por amor e emoção durante uma folga de 24 horas na Nova York durante a Segunda Guerra Mundial, em 1940.

"Os três marinheiros de folga não são os únicos a terem sorte no 'On the Town'. O público do Lyric Theatre tem também", disse o New York Daily News.

O USA Today disse que a releitura aproveitou a pungência crua do original, mas sem sacrificar a sua sagacidade ou o seu romantismo.

"O resultado é um retrato dos sujeitos principais de Town, a cidade de Nova York e o amor jovem, que vai deixar você ao mesmo tempo empolgado e intrigado", acrescentou.

A releitura do musical de 1944, com o livro e as letras de Betty Comden e de Adolph Green com música de Leonard Bernstein, é estrelado pelo ator veterano da Broadway Tony Yazbeck (de "Gypsy") como o ingênuo e desajeitado Gabey, um papel que ficou famoso quando interpretado por Gene Kelly na versão cinematográfica de 1949.

Ele se apaixona depois de ver um pôster no metrô da miss Turnstiles e vai pela cidade com os seus dois amigos, o bobalhão Chip (Jay Armstrong Johnson) e o mais inteligente Ozzie (Clyde Alves), em uma busca para encontrá-la.

A principal dançarina do Ballet da cidade de New York Megan Fairchild, fazendo a sua estreia na Broadway, é o objeto da paixão de Gabey. O New York Times disse que ela se encaixa no papel de menina doce que os militares norte-americanos sonham.

"Quando ela dança, contudo, ela é uma deusa, a garota que aparece nos sonhos deles", acrescenta.

O New York Post ficou impressionado pelo talento de Fairchild para a comédia, assim como os seus duetos com Yazbeck.

"O show explode de alegria toda vez que ela está no palco", disse. "Enquanto ela estiver embarcada no projeto, essa equipe pode esperar um mar de rosas."

O musical conta com mais de 20 canções, incluindo "New York, New York", "Lonely Town" e "Lucky to Be Me."

"Alguns dos seus números musicais, nos quais arquétipos cômicos se encontram ou se enfrentam, poderiam ser colocados diretamente em um desenho do Looney Tunes," disse o New York Times. "Outros poderiam ser levados sem problemas para o palco da Ópera de Paris," acrescentou.

Os marinheiros se separam na sua busca para encontrar Miss Turnstiles e concordam em se encontrar mais tarde. No caminho, Chip é levado em um passeio selvagem por uma taxista interpretada por Alyssa Umpires enquanto Ozzie encontra uma antropóloga (Elizabeth Stanley) no Museu de História Natural.

Eles se encontram no fim da tarde para fazer um tour dos pontos mais marcantes da cidade que vai da Times Square a Coney Island.

O Hollywood Reporter elogiou o diretor vencedor do Tony John Rando (de "Urinetown") como alguém que "não fez concessões em apresentar o material fora de moda pelo seu valor de face, realizando até os números mais bobos com delicadeza e acrescentando uma narrativa estonteante com um ar de busca por romance."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below