SAIBA MAIS-Brasil realiza 7ª eleição direta para presidente desde redemocratização

sexta-feira, 24 de outubro de 2014 15:45 BRST
 

(Reuters) - O Brasil realiza no domingo o segundo turno da sétima eleição presidencial direta desde a volta da democracia em 1985, com o fim do regime militar.

Veja a seguir um pouco do que foram as disputas pelo Palácio do Planalto até agora.

1989

A primeira eleição direta do novo período democrático ocorreu em 1989 e envolveu 21 candidatos, representando desde partidos com as maiores bancadas no Congresso na época, PMDB e PFL, até partidos que voltavam à disputa após décadas de ilegalidade, como o PCB.

Ulysses Guimarães (PMDB), um dos principais políticos de oposição ao regime militar, e Aureliano Chaves (PFL), vice-presidente da República no governo do general João Baptista Figueiredo, foram praticamente abandonados por seus partidos durante a campanha, terminando em sétimo e nono lugares.

Fernando Collor de Mello, do pequeno PRN, venceu com folga o primeiro turno. Em sua primeira tentativa de chegar à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, teve uma disputa acirrada com Leonel Brizola, do PDT, para conseguir a outra vaga do segundo turno.

A eleição trouxe ao cenário político um personagem pitoresco, Enéas Carneiro. Com um tempo mínimo no horário eleitoral gratuito, ele falava rapidamente algumas frases e encerrava com "Meu nome é Enéas!", que virou marca registrada de suas campanhas subsequentes. Naquela eleição, ele fez 0,5 por cento dos votos válidos.

  Continuação...