Toyota faz recalls de mais carros por conta de airbags perigosos da Takata

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 09:05 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A Toyota Motor disse nesta quinta-feira que fará um recall de 57 mil veículos globalmente para substituir airbags potencialmente mortais produzidos pela Takata Corp, em um momento em que a crise de segurança que ronda a fabricante de componentes automotivos parece longe de ser contida.

A medida da Toyota segue anúncio de recall da rival Honda Motor pelo mesmo problema há duas semanas, após uma quinta morte ligada ao inflador do airbag ser revelada na Malásia. Mais de 16 milhões de veículos foram alvo de recalls ao redor do mundo desde 2008 por conta dos infladores de airbags da Takata, que podem explodir com muita força e atirar fragmentos metálicos dentro dos automóveis.

A Toyota está fazendo recalls de alguns modelos do subcompacto Vitz, batizado de Yaris em alguns mercados, e de modelos do crossover RAV4 fabricados entre dezembro de 2002 e março de 2004. Cerca de 40 mil veículos estão no Japão, 6 mil na Europa e o restante em outros mercados fora da América do Norte. A Toyota disse que não tem conhecimento de nenhum ferimento ou morte relacionado ao recall.

Separadamente, a subsidiária de carros de pequeno porte da Toyota, a Daihatsu Motor, também iniciou um recall no Japão de 27.571 miniveículos Mira produzidos entre dezembro de 2002 e maio de 2003 pelo mesmo motivo.

Cerca de 2,6 milhões de veículos foram alvo de recalls no Japão até o momento por conta dos infladores de airbags da Takata, segundo um representante do Ministério dos Transportes.

(Por Chang-Ran Kim e Mari Saito)