Brasil tem "o melhor futebol do mundo", afirma Del Nero

quinta-feira, 27 de novembro de 2014 20:03 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Apesar do vexame na Copa do Mundo deste ano, quando o Brasil sofreu a pior derrota de sua história, 7 x 1 para a Alemanha, a seleção brasileira ainda é soberana e detém a hegemonia do futebol mundial, segundo o futuro presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero.

O dirigente, atual vice de futebol da entidade e presidente da Federação Paulista de Futebol, já foi eleito para assumir o comando da CBF a partir de 2015 em substituição a José Maria Marin.

O futuro presidente da CBF avaliou como um “desastre” a goleada sofrida diante da Alemanha na semifinal e o desfecho no Mundial, com a derrota para a Holanda por 3 x 0, mas se apega aos cinco títulos mundiais da seleção brasileira para defender que o país ainda é soberano no cenário internacional.

“Temos o melhor futebol do mundo. A Alemanha perdeu em 2002 para o Brasil (final da Copa). A Alemanha tem menos vitórias que o Brasil nos confrontos“, disse ele a jornalistas nesta quinta-feira.

“A gente ainda continua com a hegemonia no futebol no mundo”, completou o futuro presidente da CBF.

Após o fracasso na Copa do Mundo, a CBF trocou o técnico da seleção, substituindo Luiz Felipe Scolari por Dunga, e um novo projeto começou a ser construído visando a Copa de 2018, na Rússia.

Em seis amistosos sob o comando de Dunga, o Brasil venceu seis partidas contra Argentina, Colômbia, Equador, Japão, Turquia e Áustria.

“Nós também começamos bem com o Felipão, que foi unanimidade e campeão da Copa das Confederações; as coisas caminham bem no início, com vitórias magras. O desastre veio no jogo com a Alemanha”, afirmou Del Nero a jornalistas.

Nesta quinta-feira, o coordenador das categorias de base do Brasil, Alexandre Gallo, convocou a seleção para o Sul-Americano sub-20 no ano que vem, no Uruguai.

Foram chamados 26 jogadores do Brasil e do exterior que começam a treinar na Granja Comary em 26 de dezembro para a competição que começa em janeiro. “Espero que todos torçam e Deus possa nos ajudar nesse torneio que é classificatório para o Mundial em maio na Nova Zelândia”, declarou Gallo, segundo o site da CBF.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

 
Del Nero conversa com José Maria Marin durante entrevista em Assunção em 23 de abril de 2013.  REUTERS/Jorge Adorno