Indicações para Emmy exaltam “Mad Men”, “Transparent” e “House of Cards"

quinta-feira, 16 de julho de 2015 14:24 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - A última temporada da série dramática “Mad Men”, da rede AMC, o suspense político “House of Cards”, do Netflix, e a comédia sobre transgêneros “Transparent”, da Amazon, conseguiram nesta quinta-feira 11 indicações cada para a 67a edição do Emmy, o principal prêmio da televisão norte-americana.

O canal pago HBO liderou todas as redes na disputa, obtendo 126 indicações, incluindo 24 para a série medieval “Game of Thrones”, mais do que qualquer outro programa. 

“Mad Men”, que tratou do mundo da publicidade e das mudanças da sociedade norte-americana durante os anos 1960 através de seu personagem principal, Don Draper, encerrou seu percurso de oito anos em 2015, e é a favorita para vencer seu quinto prêmio por série dramática - o principal do Emmy.

O ator Jon Hamm obteve sua oitava indicação de melhor ator pelo papel de Draper, embora nunca tenha ganhado. Ele disputará a honraria com Kevin Spacey, que interpreta o diabólico Frank Underwood na série política “House of Cards”.

“Transparent” é a principal nova série entre os indicados, ganhando força após ter conquistado boas críticas e Globos de Ouro por seu retrato cômico e humano sobre o patriarca de uma família que faz a transição para a vida como uma mulher, interpretado por Jeffrey Tambor.

A série colocou a Amazon no mapa da televisão no ano passado, e ajudou a varejista online a conquistar um total de 12 indicações, suas primeiras. O serviço de streaming de filmes Netflix conseguiu 34 indicações. 

(Por Mary Milliken e Piya Sinha-Roy)

 
Atrizes Uzo Aduba e Cat Deeley com o CEO da Academia de Televisão Bruce Rosenbaum durante indicação para prêmios Emmy.   16/7/2015.  REUTERS/Jonathan Alcorn