Fifa discute mudança em local e data de reunião; Del Nero falta a encontro na Suíça

terça-feira, 22 de setembro de 2015 12:06 BRT
 

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - Afundada em um escândalo de corrupção, a Fifa anunciou nesta terça-feira que vai debater uma possível troca de local e da data para a reunião do comitê executivo originalmente agendada para ocorrer no Japão, em dezembro.

A Fifa também confirmou que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo del Nero, membro do comitê executivo, não compareceu a um encontro do comitê organizador dos torneio olímpicos de futebol, que ele preside, na segunda-feira em Zurique.

Del Nero tampouco esteve no Congresso da Fifa em maio, deixando a Suíça pouco depois que seu antecessor, José Maria Marin, foi preso em Zurique junto a outros dirigentes como parte de uma investigação dos Estados Unidos sobre corrupção no futebol.

O presidente da CBF tem evitado viagens ao exterior desde que estourou o escândalo na Fifa, inclusive deixando de viajar com a seleção brasileira para partidas fora do país.

O anúncio sobre a possível mudança de data e local para o encontro do comitê executivo foi feito em meio a incertezas sobre a ida do presidente da Fifa, Joseph Blatter, ao Japão.

O suíço também vem evitando as viagens desde que os Estados Unidos indiciaram 14 dirigentes e executivos do marketing esportivo por acusações de propina, lavagem de dinheiro e fraude eletrônica.

Blatter não foi acusado de nenhum crime, mas recorreu a um advogado. Alguns advogados com experiência em casos de crimes internacionais afirmaram que Blatter faria mal de viajar, já que os indiciamentos norte-americanos foram anunciados em maio. O mandatário declarou ao jornal alemão Welt am Sonntag, em uma entrevista de julho, que está preferindo ser cauteloso.

O comitê executivo da Fifa se reúne em Zurique na quinta e na sexta-feira, e o último item da pauta, divulgada nesta terça-feira, é a “decisão sobre a data e o local da próxima reunião”.

O último encontro do ano do comitê executivo costuma ocorrer no mesmo país do Mundial de Clubes, que volta ao Japão em dezembro depois de ser sediado em Abu Dhabi e no Marrocos nos anos anteriores.