Bangladesh importa milho brasileiro após seca afetar safra na Índia

sexta-feira, 25 de setembro de 2015 09:39 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - Fábricas de rações em Bangladesh se voltaram para o Brasil em busca de milho, levando três navios Panamax para outubro, devido à falta de chuvas que reduz a produção na vizinha Índia, disseram operadores.

As indústrias contrataram 150 mil toneladas de milho brasileiro, entre 195 e 200 dólares por tonelada, incluindo custo e frete, e pode haver espaço para mais uma carga.

Um dos navios, o San Marino Trader, está se dirigindo ao porto de Chittagong, de acordo com dados de localização dos navios que podem ser vistos aqui: link.reuters.com/jab75w

"Normalmente eles compram milho da Índia, que é transportado pela fronteira seca", disse um comerciante que estava ciente das ofertas do milho brasileiro. "Este ano há um problema com a safra indiana, assim os compradores estão levando milho brasileiro."

A produção de milho da Índia de verão pode cair mais de 15 por cento este ano, devido ao tempo seco.

Produtores de milho nos Estados do sul de Telangana, Karnataka e Andhra Pradesh não têm sido capazes de cultivar algumas áreas, e a produção dos três Estados poderia cair para 3,2 milhões a 4,2 milhões de toneladas, ante 6,5 milhões de toneladas há um ano.

Um comerciante disse que compradores de Bangladesh estão no mercado por mais uma carga de cerca de 50 mil toneladas.

(Reportagem de Naveen Thukral, Edição de Tom Hogue)