Shell se alia a empresa britânica de olho no mercado de energia elétrica alemão

quarta-feira, 30 de setembro de 2015 18:12 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A petroleira Shell apostou numa parceria para entrar no mercado de fornecimento de gás e eletricidade a residências na Alemanha, maior mercado na Europa.

O braço de fornecimento e trading da petroleira, Shell Energy Europe, e a First Utility, produtora independente de energia baseado no Reino Unido, lançaram nesta quarta-feira a Shell Privatenergie, uma nova empresa de fornecimento de energia para consumidores residenciais.

"Estamos apostando em uma parceria com a Shell, uma empresa de energia com grande habilidade para negociações, bem como uma grande força de mercado", disse à Reuters o diretor da First Utility em Hamburgo, Maik Neubauer.

O mercado de eletricidade alemão é bastante concorrido, e os consumidores podem escolher entre cerca de 1,2 mil fornecedores no varejo, além de 890 comercializadores de gás, segundo a associação BDEW.

Mas cerca de 70 por cento dos 40 milhões de consumidores residenciais ainda não trocaram o fornecedor de energia, mesmo após anos da liberalização do mercado, principalmente pelo medo de sistemas complicados de tarifação e dificuldades que superem os benefícios.

Neubauer disse que a First Utility oferecerá "estruturas de tarifas transparentes e serviço ao consumidor" para convencê-los a mudar.

No Reino Unido, a companhia dobrou o número de consumidores nos últimos três anos, e Neubauer disse que a Shell Privatenergie pode replicar esse sucesso na Alemanha, onde muitos fornecedores de energia atuam apenas em nichos regionais.

(Por Vera Eckert; reportagem adicional de Karolin Schaps em Londres)