5 de Novembro de 2015 / às 15:46 / em 2 anos

Presidente da Romênia indica ministro da Educação como premiê interino

BUCARESTE (Reuters) - O presidente da Romênia, Klaus Iohannis, indicou o ministro da Educação Sorin Cimpeanu como primeiro-ministro interino nesta quinta-feira no lugar de Victor Ponta, que renunciou no dia anterior em meio a protestos em todo o país.

Mulher segura bandeira da Romênia em Bucareste. 04/11/2015 REUTERS/Inquam Photos/Octav Ganea

Cerca de 25 mil pessoas marcharam em Bucareste na noite de quarta-feira e milhares tomaram as ruas de cidades de toda a Romênia exigindo renúncias depois que um incêndio matou 32 pessoas e deixou centenas de feridos em uma boate da capital no fim de semana passado.

“Tenho uma mensagem importante para vocês: eu os vi, eu os ouvi, suas exigências importam para mim”, disse Iohannis.

Os manifestantes alegaram que a renúncia do governo esquerdista deveria ser apenas o começo de reformas generalizadas em um sistema político amplamente visto como corrupto.

A renúncia de Ponta deve dar ensejo à criação de um novo gabinete, provavelmente liderado por um tecnocrata. Iohannis declarou que irá consultar os partidos políticos e a sociedade civil a respeito da escolha de um novo premiê nos próximos dois dias, e que um nome pode surgir até o final da semana.

Entre os cotados por alguns políticos estão Dacian Ciolos, ex-comissário da Agricultura europeu, Vasile Dancu, um sociólogo, e Florin Georgescu, primeiro vice-presidente do Banco Central romeno.

Por Radu Marinas

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below