Blatter está tranquilo e se recuperando bem, diz assessor

quarta-feira, 11 de novembro de 2015 15:19 BRST
 

ZURIQUE (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, que está suspenso pelo comitê de ética da entidade em meio a uma escândalo de corrupção que atinge a federação, está se recuperando em um hospital após sofrer um problema de saúde, mas deve receber alta em breve, disse um assessor do dirigente nesta quarta-feira.

Klaus Stoehlke disse à Reuters, por telefone, que o suíço de 79 anos, que foi suspenso no mês passado por 90 dias, ainda se considera o presidente da Fifa -- posição para a qual foi eleito pela primeira vez em 1998.

"Acho que sua condição pessoal é boa, ele vai descansar por mais alguns dias, e depois, acho que talvez no fim de semana, ou na segunda-feira, (ele deixará o hospital)", disse.

"Quando telefonei para ele no hospital nesta manhã, nós tivemos uma boa conversa... ele pareceu tranquilo, sua cabeça e coração estão funcionando", acrescentou Stoehlke.

Blatter está internado desde sexta-feira, quando seu advogado nos Estados Unidos, Richard Cullen, emitiu um comunicado dizendo que o dirigente suíço tinha sido internado para realização de exames.

Stoehlke disse que Blatter sentiu-se mal em um evento em sua terra natal, o cantão suíço de Valais.

"Ele me disse: 'Eu sou o presidente eleito da Fifa, o Congresso com suas 209 associações me elegeu presidente, e nenhum comitê de ética pode mudar isso'."

Sob os termos da suspensão, Blatter não tem permissão para entrar na sede da Fifa ou em qualquer estádio de futebol na posição de dirigente esportivo.

A Fifa está em crise desde que 14 executivos de marketing esportivo e dirigentes, incluindo o ex-presidente da CBF José Maria Marin, foram indiciados pela Justiça dos EUA, em maio, por suspeita de envolvimento em esquema milionário de corrupção.

(Reportagem de Brian Homewood, em Berna)

 
Presidente da Fifa Blatter concede entrevista em Zurique.  20/7/2015.      REUTERS/Arnd Wiegmann