Preços do petróleo despencam com perspectiva de retirada de sanções contra o Irã

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016 09:42 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo Brent caíam cerca de 4 por cento para perto de mínimas em 12 anos nesta sexta-feira, com o mercado se preparando para mais exportações do Irã, que deverá ter retiradas sanções internacionais possivelmente dentro de dias.

O Brent e o petróleo nos EUA caminham para fechar em queda pela terceira semana consecutiva, com perdas de aproximadamente 20 por cento ante os picos de 2016.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) pode divulgar relatório sobre o cumprimento pelo Irã do acordo para conter seu programa nuclear em encontro nesta sexta-feira em Viena, o que potencialmente possibilitará a retirada das sanções do Ocidente contra o país.

O petróleo nos EUA caía 5 por cento às 9h31 (horário de Brasília) a 29,65 dólares, após ter registrado os primeiros ganhos significativos em 2016 na sessão anterior. Mais cedo, o contrato tocou 29,39 dólares, o menor nível desde novembro de 2003.

O Brent para março caía 4,79 por cento para 29,71 dólares o barril. Mais cedo na sexta, ele chegou a tocar 29,43 dólares, menor nível desde fevereiro de 2004.

"No curtíssimo prazo, outra queda de preços não pode ser descartada, particularmente depois que as sanções contra o Irã forem retiradas", disse o analista do Commerzbank, Carsten Fritch, durante o Reuters Global Oil Forum.

(Por Libby George; reportagem adicional de Aaron Sheldrick em Tóquio)