Ator italiano morre em cena de enforcamento mal sucedida no teatro

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016 16:19 BRST
 

FLORENÇA, Itália (Reuters) - Um ator italiano teve sua morte cerebral decretada depois de se estrangular no palco quando uma cena de enforcamento saiu errada em um teatro da região central da Toscana, informou uma fonte judicial nesta sexta-feira.

O Teatro Lux de Pisa disse em um comunicado que fechará por 10 dias porque, "após a tragédia impensável... achamos correto suspender todas as nossas atividades, incluindo apresentações".

    Raphael Schumacher, artista de 27 anos do norte da Itália, interpretava um monólogo sobre a infelicidade da adolescência que terminava com uma simulação de suicídio por enforcamento, relatou a mídia local.

    O incidente ocorreu durante uma apresentação particular no dia 30 de janeiro, de acordo com a edição local do jornal Corriere della Sera.

    Schumacher teve sua morte clínica anunciada na quinta-feira pelo Hospital Universidade de Pisa, onde estava em coma desde o acontecimento do último final de semana, segundo disse uma porta-voz.

A polícia investiga dois diretores e dois técnicos teatrais pela suspeita de homicídio culposo (sem intenção), já que desconfia que os regulamentos de segurança não foram respeitados durante o espetáculo, escreveu o Corriere della Sera.

    O diário ainda afirmou que Schumacher decidiu trocar uma pistola por uma corda na cena de suicídio na última hora.

    (Por Silvia Ognibene)