Brasil e Argentina querem lançar cronograma para negociação de acordo automotivo, diz MDIC

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016 18:46 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - Brasil e Argentina concordaram em lançar um cronograma de negociações bilaterais para acordo automotivo que visa o livre comércio, afirmou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) nesta quinta-feira.

Em nota divulgada após reunião entre o chefe da pasta, Armando Monteiro, e o ministro argentino de Produção, Francisco Cabrera, em Buenos Aires, o Ministério informou que a ideia é que o livre comércio seja alcançado progressivamente e em condições de equilíbrio, dentro de um acordo que tem como principais objetivos a integração produtiva, geração de empregos, agregação de valor tecnológico e acesso a novos mercados.

Não foram divulgadas datas para o cronograma, nem tampouco mais detalhes sobre as negociações. O Brasil já possui um acordo automotivo com a Argentina, que expira no final de junho.

Em entrevista recente à Reuters, Monteiro havia revelado a intenção do governo de ampliar o comércio externo com o país vizinho como forma de reduzir dificuldades da indústria nacional de veículos, além de aproveitar a vantagem da valorização do dólar em relação ao real, que tem tornado produtos brasileiros mais competitivos frente a anos anteriores.

No encontro, os ministros também destacaram a necessidade de uma estratégia conjunta para a competitividade que abra espaço para as micro, pequenas e médias empresas em cadeias de valor.

Em relação ao Mercosul, Monteiro apontou como prioridade a troca de ofertas com a União Europeia e ampliação de acordos comerciais extra-regionais, enquanto Cabrera enfatizou compras governamentais e convergência regulatória como temas de interesse.

Após a reunião, o MDIC apontou ainda que haverá o relançamento da Comissão Bilateral de Comércio entre os dois países, com primeira reunião marcada para a segunda quinzena de março.

(Por Marcela Ayres)