Itália resgata centenas de imigrantes no mar e recupera um corpo

sexta-feira, 18 de março de 2016 14:26 BRT
 

Por Steve Scherer

ROMA (Reuters) - Embarcações da Itália resgataram cerca de 600 imigrantes e recuperaram um corpo nesta sexta-feira, enquanto líderes europeus se reúnem em Bruxelas para tentar conter o fluxo de imigrantes que rumam para o continente.

A Guarda Costeira e a Marinha comunicaram pelo Twitter que recolheram imigrantes de vários barcos. As operações de resgate continuam, e o número deve aumentar, disse um porta-voz da Guarda Costeira.

"Apesar do tempo um pouco ruim e do mar agitado, os barcos estão vindo", contou ele.

Mais de 1,2 milhão de imigrantes, a maioria da África e do Oriente Médio, chegaram à Europa desde o início de 2015. Os egressos da Líbia aumentaram esta semana, quando três corpos foram encontrados antes da morte mais recente.

"Este ano na verdade estamos notando um ligeiro aumento no número de imigrantes chegando da Líbia", disse Federico Soda, diretor do Escritório de Coordenação da Organização Internacional para as Migrações (OIM) para o Mediterrâneo, em um comunicado.

"Até esta data, quase 12 mil imigrantes aportaram na Itália, cerca de 2 mil a mais quando comparados ao número de imigrantes que chegaram no mesmo período do ano passado", afirmou.

Líderes da União Europeia estão empenhados em fechar um acordo para deter a entrada de refugiados da Turquia, que está abrigando cerca de 3 milhões de sírios que fugiram da guerra em seu país.