Coreia do Sul dispara tiros de alerta após barcos do Norte cruzarem fronteira

sexta-feira, 27 de maio de 2016 09:15 BRT
 

SEUL (Reuters) - A Marinha da Coreia do Sul disparou tiros de advertência nesta sexta-feira depois que um barco de patrulha norte-coreano e um pesqueiro cruzaram a disputada fronteira marítima na costa oeste da península coreana, disseram os militares sul-coreanos à Reuters.

As duas embarcações do Norte se retiraram após oito minutos e disparos de cinco tiros de artilharia de 40 milímitros do Sul, em torno das 7h30, no horário local, afirmaram as autoridades.

Os barcos da Coreia do Norte atravessaram a Linha do Limite do Norte, uma fronteira que Pyongyng reclama para si e que fica próxima da ilha fronteiriça sul-coreana de Yeonpyeong, de acordo com os militares sul-coreanos.

Barcos pesqueiros norte-coreanos adentram as águas do vizinho do sul com certa frequência.

Ao longo dos anos, embarcações da Marinha dos dois lados trocaram disparos em incidentes às vezes mortais na área, incluindo um em 2010, quando 46 marinheiros sul-coreanos morreram em um naufrágio devido ao que Seul disse ter sido um ataque de torpedo do Norte, que negou responsabilidade.

As duas Coreias continuam tecnicamente em estado de guerra, já que o conflito de 1950-53 terminou com uma trégua, e não com um tratado de paz.

Recentemente Pyongyang propôs conversas militares com Seul, mas o Sul minimizou a oferta, que viu como uma "falsa ofensiva de paz" por carecer de um plano para pôr fim ao programa nuclear do Norte.

         (Por Ju-min Park)