Embarcação do Irã se aproxima de navio da Marinha dos EUA no Golfo Pérsico

terça-feira, 6 de setembro de 2016 16:47 BRT
 

Por Idrees Ali

WASHINGTON (Reuters) - Um navio de patrulha da Marinha dos Estados Unidos mudou de curso depois que uma embarcação de ataque rápido da Guarda Revolucionária do Irã chegou a 91 metros de distância no centro do Golfo Pérsico no domingo, disseram duas autoridades do Departamento de Defesa dos EUA à Reuters nesta terça-feira.

Foi no mínimo o quarto incidente do tipo em menos de um mês. As autoridades norte-americanas temem que estas ações iranianas possam levar a equívocos.

Anos de animosidade mútua foram apaziguados quando Washington suspendeu sanções contra Teerã em janeiro, na esteira de um acordo para conter as ambições nucleares do Irã, mas diferenças sérias a respeito do programa de mísseis balísticos do país persa e dos conflitos na Síria e no Iraque ainda permanecem.

Os funcionários, que falaram sob condição de anonimato, disseram que o barco iraniano navegou diretamente à frente do USS Firebolt, obrigando o navio de 53 metros a mudar de direção.

A interação não foi "nem segura nem profissional devido à falta de comunicação e à manobra de assédio de curta distância", disse um dos funcionários, acrescentando que foi possível ver armas expostas e manejadas na embarcação iraniana.

O navio dos EUA tentou se comunicar com o barco iraniano por rádio três vezes, mas não obteve resposta.