Irã assina 1º contrato em novo padrão que busca atrair investimento para petróleo

terça-feira, 4 de outubro de 2016 11:33 BRT
 

ANCARA (Reuters) - A petroleira iraniana National Iranian Oil Company (NIOC) assinou nesta terça-feira um contrato de produção em novo estilo, menos restritivo, com uma empresa iraniana.

O novo modelo de contrato, muito aguardado, poderá atrair de volta investidores estrangeiros e aumentar a extração no país após anos de sanções.

"O Ministério do Petróleo saúda a cooperação com todas as empresas que podem... ajudar a aumentar a produção do Irã", disse o ministro do Petróleo, Bijan Zanganeh, em uma nota publicada no site oficial Shana, após a assinatura.

"O primeiro contrato com o novo modelo, o Iran Petroleum Contract (IPC), será para desenvolver a segunda fase do campo Yaran", relatou a Shana.

Zanganeh disse que o Irã vai assinar mais contratos IPC até março de 2017, mas não quis dar mais detalhes.

A agência de notícias semi-oficial do Irã Tasnim disse que a NIOC vai assinar o segundo contrato IPC na quarta-feira.

"O Irã precisa de investimento mais de 100 bilhões de dólares para desenvolver o seu setor do petróleo... É bem-vinda a cooperação com todas as empresas... que podem fornecer o capital e as mais recentes tecnologias para aprimoramento de recuperação", disse Zanganeh, segundo a TV estatal.

Shana disse que o valor do contrato assinado nesta terça-feira é de 2,5 bilhões de dólares. O campo de petróleo Yaran é no sudoeste do Irã, perto da fronteira com o Iraque.

(Por Parisa Hafezi)