Arábia Saudita realiza exercícios navais no Golfo Pérsico

terça-feira, 4 de outubro de 2016 16:02 BRT
 

DUBAI (Reuters) - A Arábia Saudita iniciou exercícios navais de guerra que incluem disparos com munição real nesta terça-feira no Golfo Pérsico e no Estreito de Hormuz, a rota petrolífera mais importante do mundo, relatou a mídia estatal, um gesto que coincide com o aumento das tensões com o rival regional Irã.

Navios de guerra, lanchas, aeronaves da Marinha, fuzileiros navais e unidades especiais de segurança naval participaram dos exercícios, noticiou a estatal Agência de Imprensa Saudita (SPA, na sigla em inglês). Munição real foi usada durante as atividades. 

As manobras têm por objetivo testar a prontidão de combate "em preparação para a proteção dos interesses marítimos do Reino da Arábia Saudita contra qualquer agressão possível", disse o comandante dos exercícios, o contra-almirante Majed bin Hazza'a Al-Qahtani, segundo a agência.

Exercícios também estão sendo realizado no mar de Omã, relatou a SPA.

País sunita, a Arábia Saudita está preocupada com a influência regional crescente do xiita Irã, que começa a se recuperar de anos de sanções econômicas internacionais graças a um acordo sobre seu programa nuclear acertado entre Teerã e potências globais em 2015.

A Arábia Saudita está liderando uma coalizão de nações muçulmanas, com apoio dos Estados Unidos, Reino Unido e França, na guerra do vizinho Iêmen. A campanha, cuja meta é restaurar um governo deposto por uma milícia aliada ao Irã, é parte de um esforço mais assertivo que Riad vem levando a cabo desde o ano passado para se contrapor à ascendência iraniana.

Cerca de 17 milhões de barris diários, ou aproximadamente 30 por cento de todo o petróleo transportado por mar, passaram pelo Estreito de Hormuz em 2013, de acordo com a Administração de Informação de Energia dos EUA.

    (Por Hadeel Al Sayegh)