Francesa EDF compra 80% de usinas fotovoltaicas da Canadian Solar em Minas Gerais

terça-feira, 11 de outubro de 2016 11:14 BRT
 

(Reuters) - A subsidiária brasileira da francesa EDF Energies Nouvelles fechou a compra de 80 por cento de um complexo de geração solar fotovoltaica que a Canadian Solar (CSIQ.O: Cotações) implementará em Minas Gerais, informou a companhia canadense em comunicado nesta terça-feira.

A transação soma-se a outros negócios envolvendo ativos de energia no Brasil anunciados nos últimos dias, como a compra de usinas eólicas da Odebrecht pelo Grupo NC, da farmacêutica EMS, na sexta-feira, e de hidrelétricas da norte-americana Duke Energy pela chinesa Three Gorges, na segunda-feira.

As usinas solares da Canadian envolvidas na operação, com um total de 191,5 megawatts-pico (MWp), estão em início de construção e possuem a produção já totalmente comercializada, após terem participado de um leilão promovido pelo governo para a contratação de usinas fotovoltaicas em 2015.

As empresas não revelaram o valor do negócio.

O complexo deverá iniciar a operação comercial no terceiro trimestre de 2017, com placas solares fornecidas pela própria Canadian Solar, que anunciou recentemente a abertura de uma unidade de módulos fotovoltaicos no Brasil.

Além de Pirapora I, a Canadian Solar possui outras usinas solares a serem implementadas no Brasil, em um total de 394 megawatts-pico.

Já o vice-presidente executivo em energias renováveis da EDF (EDF.PA: Cotações) e presidente executivo da EDF Energies Nouvelles, Antoine Cahuzac, destacou em nota o grande interesse da companhia pelo Brasil, onde os franceses constroem atualmente duas usinas eólicas e a hidrelétrica de Sinop.

"Tudo isso confirma a forte ambição de fortalecer e diversificar o portfólio de ativos renováveis do Grupo EDF no Brasil", afirmou.

(Por Luciano Costa, em São Paulo)