Marinha investiga mancha de óleo na costa do ES

quinta-feira, 17 de maio de 2012 12:49 BRT
 

BRASÍLIA, 17 Mai (Reuters) - Uma mancha de óleo foi descoberta na costa do Espírito Santo, informou a Marinha Brasileira nesta quinta-feira.

A Marinha enviou uma equipe para inspecionar a região e disse que ainda não tem estimativa do tamanho do derramamento.

"Um equipe de inspeção naval da Capitania dos Portos do Espírito Santo foi deslocada para área para verificar a extensão da mancha", afirmou um porta-voz nesta quinta-feira.

Petroleiros voltando do trabalho relataram uma mancha de aproximadamente um quilômetro no oceano perto da plataforma P-57, operada pela Petrobras, segundo informou nesta quinta-feira o jornal Folha de S.Paulo.

A P-57, convertida navio-tanque, trabalha no campo de Jubarte a cerca de 85 quilômetros da costa.

Jubarte produziu 186 mil barris de petróleo por dia em fevereiro, ou aproximadamente 8 por cento da produção total brasileira de 2,1 milhões de barris por dia, de acordo com informações da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Jubarte é o quarto maior campo produtor no país. Quando soma-se o gás natural, Jubarte produz o equivalente a 198 mil barris de petróleo por dia.

A Petrobras não tinha imediatamente um comentário sobre o assunto, segundo a assessoria de imprensa.

Representantes da Agência Nacional de Petróleo não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto. Representantes do Ibama não retornaram as ligações com pedidos de comentários.

(Por Peter Murphy)