Governo deve anunciar medidas nesta 2a para estimular crescimento

segunda-feira, 21 de maio de 2012 12:37 BRT
 

Por Luciana Otoni e Tiago Pariz

BRASÍLIA, 21 Mai (Reuters) - O governo pode anunciar nesta segunda-feira novas medidas para auxiliar o crescimento da economia brasileira neste ano, informou à Reuters fonte ligada à equipe econômica.

Entre as medidas, o governo deve divulgar a ampliação do Plano de Sustentação do Investimento (PSI), com aumento de linhas e redução de encargos específicos para o setor industrial e com foco no setor de máquinas e equipamentos.

Juntamente com essa medida, o governo deve ainda informar a transferência de 10 bilhões de reais para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), como parte do aporte maior de até 45 bilhões de reais anunciado recentemente e que será feito pelo Tesouro. Esses recursos serão colocados à disposição do banco de fomento entre junho e julho, ainda segundo a fonte.

As medidas visam ampliar o crédito subsidiado ao setor industrial, que tem registrado dificuldade em retomar o ritmo de crescimento.

Além disso, o governo deve anunciar medidas de estímulos à atividade automotiva. Dentro do setor, a expectativa é que o anúncio ocorra ainda nesta segunda-feira para, segundo uma fonte da área, facilitar aquisição de veículos e caminhões.

Entre as ações na mesa está a redução da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras em linhas de crédito acima de um ano do atuais 2,5 para 2 por cento ou menos.

Nesta manhã, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, estiveram reunidos em São Paulo.

Segundo fontes da área econômica, eles estavam analisando a conjuntura econômica e a perspectiva para o crescimento do país.