Primeiro voo comercial ao espaço cala críticos

quarta-feira, 23 de maio de 2012 20:39 BRT
 

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, Estados Unidos, 23 Mai (Reuters) - A primeira nave espacial comercial da história se aproximou nesta quarta-feira da Estação Espacial Internacional, num importante teste para o polêmico programa destinado a reduzir o papel do governo dos Estados Unidos nos voos espaciais tripulados.

A empresa Space Exploration Technologies, ou SpaceX, colocou em órbita na terça-feira sua cápsula de carga Dragon, que decolou da Base Aérea de Cabo Canaveral a bordo do foguete Falcon, num voo de teste com direção à estação.

A Dragon deve passar diante do complexo orbital pela primeira vez na quinta-feira, e a expectativa é de que atraque na sexta, após diversos testes -inclusive um em que os tripulantes da estação tentarão comandar a cápsula diretamente.

A nave leva cerca de 550 quilos de alimentos, água, roupas e outros suprimentos para os astronautas. Ela deve partir da estação trazendo equipamentos, no dia 31, com previsão de cair no mar, perto da Califórnia, quatro horas e meia depois.

A missão é parte dos esforços da Nasa para terceirizar o envio de suprimentos e astronautas ao espaço. Hoje, só a Rússia tem condições de levar tripulantes à estação.

A SpaceX e sua concorrente Orbital Sciences já assinaram contratos no valor de 3,5 bilhões de dólares para realizar voos de carga para a estação até 2015.

Um ponto mais polêmico da iniciativa espacial do governo é o desenvolvimento de "táxis espaciais" que levem astronautas. A iniciativa, criticada por personalidades como Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua, pode ganhar impulso depois do sucesso inicial da nave da SpaceX.