Produção de etanol dos EUA é a menor em 10 meses

quinta-feira, 5 de julho de 2012 15:47 BRT
 

Por Michael Hirtzer

5 Jul (Reuters) - A produção norte-americana de etanol caiu para seu nível mais baixo em 10 meses, à medida que refinarias de biocombustível pararam ou desaceleraram operações em meio ao aumento nos preços do milho e com pequenas margens de lucro, revelaram dados do governo norte-americano divulgados nesta quinta-feira.

A produção de etanol dos Estados Unidos caiu 3 por cento, ou 26 mil barris por dia (bpd), para 857 mil bpd na semana que terminou em 29 de junho, disse a Administração de Informações sobre Energia (AIE).

O esmagamento para etanol foi o menor desde setembro, enquanto os estoques do combustível diminuíram em 464 mil barris, para 20,29 milhões de barris.

A Valero Energy Corp anunciou em junho que iria diminuir a produção de três usinas, em Iowa, Indiana e Nebraska, que têm capacidade conjunta de 310 milhões de galões por ano, enquanto a Nedak Ethanol LLC desativou temporariamente sua usina em Atkinson, Nebraska, responsável por produzir 44 milhões de galões por ano.

Os lucros das usinas foram reduzidos pelo aumento nos preços do milho, e pela redução sazonal da oferta do milho, a principal matéria-prima utilizada na produção de etanol.

Os futuros do milho na bolsa de Chicago (CBOT) subiram 35 por cento desde o início de junho, devido ao calor recorde e ao clima severamente seco, que está danificando as lavouras em desenvolvimento.