5 de Julho de 2012 / às 20:25 / em 5 anos

Mano aposta na "força" de Hulk para os Jogos de Londres

O jogador Hulk de Sousa, do Porto, comemora seu gol contra o Sporting Lisboa durante uma partida no estádio de Dragão, em Porto, Portugal. O atacante ganhou uma chance do técnico Mano Menezes na convocação anunciada nesta quinta-feira e será um dos três jogadores com mais de 23 anos nos Jogos Olímpicos de Londres. 5/05/2012 REUTERS/Miguel Vidal

Por Pedro Fonseca

RIO DE JANEIRO, 5 Jul (Reuters) - O atacante Hulk, do Porto, ganhou uma chance do técnico Mano Menezes na convocação anunciada nesta quinta-feira e será um dos três jogadores com mais de 23 anos nos Jogos Olímpicos de Londres. As outras duas vagas foram para o zagueiro Thiago Silva e o lateral Marcelo, numa tentativa de fortalecer a defesa do time que vai buscar a inédita medalha de ouro.

A lista de 18 jogadores, divulgada pelo treinador em um hotel do Rio de Janeiro onde a equipe ficará concentrada a partir de segunda, não apresentou novidade em relação aos últimos jogos da seleção e tem como principal nome o atacante do Santos Neymar.

Mano já tinha antecipado que convocaria o zagueiro Thiago Silva, inclusive como capitão do time, para dar experiência à defesa, que apresentou deficiências nas derrotas nos amistosos de preparação para Olimpíada contra Argentina (4 x 3) e México (2 x 0) no mês passado.

Havia expectativa que o treinador recorresse também ao zagueiro do Chelsea David Luiz como mais um jogador acima da idade olímpica para formar a dupla de zaga, mas o treinador decidiu apostar nos jovens Juan (Inter de Milão) e Bruno Uvini (São Paulo) como alternativas para o parceiro de Thiago Silva.

Ao abrir mão de mais um zagueiro experiente, o treinador teve espaço no grupo para incluir Hulk. Na opinião do treinador, o setor ofensivo também vai precisar de um jogador com mais rodagem em sua campanha nos Jogos Olímpicos.

“Acho que a seleção brasileira fica mais forte com um jogador (acima de 23 anos) fora do sistema defensivo”, disse o treinador em entrevista coletiva após anunciar a convocação.

“Entendo que o ganho que um jogador mais experiente pode me dar do meio para frente... é uma coisa que deveria levar em consideração.”

“FORÇA, MUITA FORÇA”

Com apelido de super-herói pelo físico avantajado, Hulk, de 25 anos, é atualmente um dos principais artilheiros do futebol europeu e fez dois gols na vitória do Brasil por 3 x 1 sobre a Dinamarca, em maio, em outro jogo de preparação para Londres.

Ao ser perguntado sobre o que o Brasil ganharia com a presença de Hulk, o técnico riu e respondeu: “Força, muita força”. Para Mano, conta ainda a postura do jogador fora de campo para liderar a jovem equipe brasileira

“É um jogador que mostrou nesses jogos uma vontade que me convenceu em relação a pequenas dúvidas que se tinha, que era importante tê-lo nessa seleção”, disse.

“É um jogador que está com muita vontade, tem os seus objetivos pessoais, está pensando numa transferência e quer mostrar isso, e isso é importante para a seleção nesse momento.”

Sobre a defesa, que além das derrotas para Argentina e México também levou gols nas vitórias contra Estados Unidos e Dinamarca, o treinador disse que os jogos amistosos foram importantes para mostrar problemas de posicionamento que o time precisa corrigir. E lembrou que, na Olimpíada, o argentino Lionel Messi não estará em campo.

“A questão de sofrer gols é do jogo, não acho que as questões que aconteceram contra a Argentina se repetirão na frequência que acontecerem nesse jogo, até porque não teremos Messi na Olimpíada”, disse.

“Não teremos um jogador que pega a bola no meio-campo, que destrua os sistemas defensivos individualmente e conclua daquela maneira”, acrescentou sobre o atacante do Barcelona, que fez três gols na vitória da Argentina contra o Brasil.

A seleção brasileira, cabeça-de-chave do Grupo C, vai estrear contra o Egito, no dia 26 de julho, no torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos. A equipe enfrentará ainda Belarus (29 de julho) e Nova Zelândia (1o de agosto) na primeira fase.

A equipe fará ainda um amistoso de preparação para a Olimpíada contra a seleção da Grã-Bretenha no dia 20, em Middlesbrough.

Os ex-jogadores da seleção brasileira Bebeto e Romário, campeões do mundo na Copa de 1994, estiveram ao lado do treinador e de dirigentes da CBF na entrevista coletiva em que foi feita a convocação. O presidente da CBF, José Maria Marin, anunciou que a dupla será responsável por um campeonato de futebol entre jovens de comunidades carentes do Rio de Janeiro organizado pela entidade.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Rafael (Santos) e Neto (Fiorentina)

Laterais: Marcelo (Real Madrid), Rafael (Manchester United), Danilo (Porto) e Alex Sandro (Porto)

Zagueiros: Thiago Silva (Milan), Juan (Inter de Milão) e Bruno Uvini (São Paulo)

Meio-campistas: Rômulo (Vasco da Gama), Sandro (Tottenham), Ganso (Santos), Oscar (Internacional) e Lucas (São Paulo)

Atacantes: Neymar (Santos), Alexandre Pato (Milan), Leandro Damião (Internacional) e Hulk (Porto)

Lista de substitutos: Marquinhos (Corinthians), Giuliano (Dnipro), Casemiro (São Paulo) e Gabriel (Milan)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below