BC da França prevê recessão no 3o tri

quarta-feira, 8 de agosto de 2012 07:59 BRT
 

PARIS, 8 Ago (Reuters) - A economia da França deve entrar em recessão no terceiro trimestre, disse o Banco da França nesta quarta-feira ao estimar uma contração de 0,1 por cento para o segundo trimestre, o que amplia os sinais de que as perspectivas econômicas da Europa ainda estão piorando.

A estimativa, que seguiu a previsão do BC no mês passado de uma contração similar no segundo trimestre, sugere que a economia da França pode ter dificuldades para atingir a previsão do governo, de crescimento de 0,3 por cento neste ano.

Lutando contra a crise da dívida e a resultante austeridade orçamentária que devastou o sul do continente, a Europa também enfrenta sinais de estagnação e recessão nas maiores economias.

Dados nesta quarta-feira também mostraram que o déficit comercial da França subiu para 5,99 bilhões de euros em junho, desafiando as expectativas de analistas de uma melhora, uma vez que as exportações de carros e materiais de transporte recuaram.,

"Em julho, a atividade industrial apresentou uma ligeira contração devido a níveis menores de atividade nos setores automotivo e têxtil", disse o BC em sua pesquisa mensal.

"A perspectiva para os próximos meses sugere uma ligeira desaceleração na atividade econômica. (...) A expectativa é de que o PIB recuará 0,1 por cento no terceiro trimestre", acrescentou.

A França vai publicar os dados preliminares oficiais sobre o crescimento econômico no segundo trimestre na próxima terça-feira.

O governo socialista do presidente François Hollande prevê que a economia, que apresentou crescimento zero no primeiro trimestre, retomará a expansão no segundo semestre do ano.

Em sua pesquisa mensal, o BC da França disse que o sentimento tanto do setor industrial quanto de serviços enfraqueceu para uma leitura de 90 em julho, ante 91 em junho.

(Reportagem de Daniel Flynn)