Secretário geral da Opep espera menor produção de petróleo

quarta-feira, 15 de agosto de 2012 14:01 BRT
 

LONDRES, 15 Ago (Reuters) - O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdullah al-Badri, espera que o grupo limite sua produção em direção à meta de 30 milhões de barris por dia (bpd) nos próximos meses, citado no boletim informativo da indústria Gulf Oil Review.

A Opep tem ultrapassado sua meta todo o ano, bombeando quase 31,2 milhões de bpd em julho de acordo com pesquisa feita pela Reuters. Ainda assim, a produção tem caído desde que atingiu 31,75 milhões de bpd em abril.

"Nossos países membros entendem em qual nível sua produção precisa estar. Nos próximos meses, eu espero que possamos continuar a recuar em direção ao nível de 30 milhões de bpd", disse Badri, em entrevista à Gulf Oil Review.

A Opep não definiu cotas individuais de produção para os 12 membros comprometidos com a meta de 30 milhões de bpd, assunto espinhoso que tem evitado abordar em suas reuniões nos últimos anos.

Badri não deu um prazo na entrevista quando perguntado em quanto tempo a Opep seria capaz de operar sem um sistema formal de cotas.

Ele reiterou que a organização, que produz mais de um terço do petróleo do mundo, continua investindo em nova capacidade de oferta para atender o crescimento da demanda.

Os membros da Opep estão no caminho de acrescentar uma capacidade líquida de 7 milhões de bpd de petróleo nos próximos quatro anos, disse Badri.

A capacidade ociosa de produção do grupo, disse ele, se estabilizará em cerca de 8 milhões de bpd "no curto prazo".

(Desk de energia em Londres)

 
Secretário-geral da Opep, Abdullah al-Badri, participa de coletiva de imprensa depois de reunião na sede da Opep em Viena, Áustria. Abdullah al-Badri espera que o grupo limite sua produção em direção à meta de 30 milhões de barris por dia (bpd) nos próximos meses, citado no boletim informativo da indústria Gulf Oil Review. 14/06/2012 REUTERS/Heinz-Peter Bader