Russomano amplia vantagem sobre adversários em SP--Datafolha

quarta-feira, 5 de setembro de 2012 11:30 BRT
 

5 Set (Reuters) - Celso Russomano (PRB) cresceu mais quatro pontos e chegou a 35 por cento da preferência do eleitorado na disputa pela Prefeitura de São Paulo, ampliando a vantagem sobre José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT), que estão tecnicamente empatados no segundo lugar, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira.

Russomano estava em 2o lugar, atrás de Serra, em pesquisa Datafolha realizada em 19 e 20 de julho, com 26 por cento das intenções de voto, mas desde então tem subido nas pesquisas, assumiu a liderança na sondagem de 20 de agosto, com 31 por cento, e agora alcançou seu patamar mais elevado.

Serra, por outro lado, está em queda desde os 30 por cento registrados em julho. Ele passou de 22 por cento no levantamento anterior do Datafolha, realizado em 28/29 de agosto, para 21 por cento nesta semana.

Haddad passou de 14 por cento para 16 por cento. Como a margem de erro da pesquisa é de até 3 pontos percentuais, Serra e Haddad estão tecnicamente empatados.

Em uma simulação para o 2o turno, Russomano venceria os dois adversários, de acordo com o Datafolha. O candidato do PRB levaria vantagem de 58 por cento a 30 por cento contra Serra e de 56 por cento a 30 por cento contra Haddad.

Gabriel Chalita (PMDB) manteve os 7 por cento de preferência em relação à pesquisa passada, enquanto Soninha Francine, do PPS, oscilou um ponto para cima, ficando com 5 por cento. O candidato do PDT, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, passou de 2 para 1 por cento.

Os candidatos Ana Luiza (PSTU), Carlos Giannazi (PSOL) e José Maria Eymael (PSDC) também receberam 1 por cento cada das intenções de voto.

Oito por cento dos entrevistados disseram que anulariam o voto ou votariam em branco e 4 por cento se declararam indecisos.

O Datafolha entrevistou 1.078 eleitores nos dias 3 e 4 de setembro. A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira no jornal Folha de S. Paulo.