Chesapeake vai levantar US$6,9 bi com venda de ativos

quarta-feira, 12 de setembro de 2012 11:06 BRT
 

12 Set (Reuters) - A Chesapeake Energy disse que vai vender a maioria das suas propriedades na bacia do Permian para Shell e Chevron, assim como a maioria de rede de infraestrutura remanescente, para levantar 6,9 bilhões de dólares.

A companhia, que tem se desfeito de ativos para levantar dinheiro a fim de preencher uma déficit de financiamento de 10 bilhões de dólares, disse que vai usar os recursos para pagar 4 bilhões de dólares em empréstimos de curto prazo no fim deste ano.

O acordo é parte da estratégia da Chesapeake para se afastar do negócio de gás natural e se concentrar na área mais lucrativa de petróleo bruto.

A Chesapeake vem trabalhando para vender ativos na bacia do Permian desde fevereiro. A companhia detém 1,5 milhão de acres na região, espalhados pelo oeste do Texas e sudeste do Novo México.

A empresa disse nesta quarta-feira que vai vender 618 mil acres na região sul da bacia do Delaware para uma unidade da Shell, que disse estar pagando 1,94 bilhão de dólares pelo negócio.

Cerca de 264 mil acres na bacia do Permian estão sendo vendidos para a Chevron. Os termos do acordo ainda não foram divulgados.

Ao todo, a Chesapeake está levantando cerca de 3,3 bilhões de dólares com a venda dos ativos da bacia do Permian. O presidente-executivo da companhia, Aubrey McClendon, disse que a empresa já arrecadou cerca de 85 por cento da meta de conseguir de 13 a 14 bilhões de dólares em vendas de ativos.

Ainda nesta quarta-feira, a Chesapeake disse que levantará 3 bilhões de dólares com a venda de basicamente todos os seus oleodutos e ativos relacionados.

A companhia também está vendendo outros ativos avaliados em 600 milhões de dólares em quatro acordos distintos.

(Por Ernest Scheyder e Swetha Gopinath)