Obama se prepara para debates e se esforça para ser conciso

domingo, 16 de setembro de 2012 17:03 BRT
 

CHICAGO, 16 Set (Reuters) - Durante os voos longos para visitar os estados do Oeste dos EUA e tarde da noite na Casa Branca, depois que suas filhas foram dormir, o presidente Barack Obama está estudando para um teste que pode determinar seu futuro político.

O assunto? Seu adversário, o candidato presidencial republicano Mitt Romney. O teste? Seu confronto direto com o ex-governador de Massachussets no primeiro debate cara a cara, no mês que vem.

Com a corrida ainda apertada, apesar da ligeira vantagem de Obama nas pesquisas, os riscos são altos para os dois candidatos que precisam ter um bom desempenho nos três debates deste outono e ganhar impulso para vencer a eleição em 6 de novembro.

Forçado a fazer malabarismos para governar e cumprir seus compromissos de campanha, Obama encaixa um tempo para a preparação para o debate sempre que pode.

"Não podemos nos dar ao mesmo luxo que Romney em termos de tempo," disse o principal estrategista de Obama, David Axelrod.

Isso significa que Obama usa os voos à bordo do Air Force One, para Nevada, Colorado e outros estados que ainda não decidiram qual candidato vão apoiar, para se atualizar sobre as posições de Romney, ou estuda à noite, na Casa branca, quando está na capital dos EUA.

"Ele passou muito tempo lendo e principalmente se familiarizando com o que o Governador Romney disse ao longo dessa campanha", disse Axelrod. "Quer dizer, ele está muito familiarizado com o seu próprio material, mas não estava muito familiarizado com o de Romney."

Obama vai aguçar suas habilidades contra o senador John Kerry, o candidato democrata à presidência de 2004, que fará o papel de Romney em debates simulados.

Os assessores querem que ele se esforce para ser breve - uma mudança na sua tendência de falar longamente, que pode cansar os telespectadores e fazer com que ele pareça distante.   Continuação...