Petróleo tem baixa por temores econômicos

segunda-feira, 24 de setembro de 2012 19:46 BRT
 

NOVA YORK, 24 Set (Reuters) - Os futuros do petróleo norte-americano caíram mais de 1 por cento nesta segunda-feira, com resultados decepcionantes da economia alemã aumentando as preocupações sobre a desaceleração do crescimento econômico global e sobre a demanda pela commodity.

O sentimento empresarial alemão caiu em setembro pelo quinto mês seguido, aumentando temores de recessão, com as empresas lutando contra o que um economista do Instituto Ifo chamou de pior cenário econômico desde meados de 2009.

Os mercados de petróleo têm equilibrado o frágil cenário econômico com os problemas de produção na região do Mar do Norte.

Os dados fracos da maior economia europeia vieram enquanto traders ainda consideravam o impacto de uma terceira rodada de flexibilizações anunciada pelo Banco Central norte-americano neste mês. Rodas anteriores de estímulo levaram investidores a buscar uma classe de ativos de mais risco, incluindo as commodities.

"Desde que o Fed anunciou o pacote, o mercado começou a ser pressionado, uma vez que o estímulo não parece ter levado as pessoas onde elas pensavam que iriam anteriormente", disse Gene MacGillian, analista do Tradition Energy de Stamford, Connecticut.

Ele disse que as informações sobre a Alemanha e as preocupações sobre o crescimento da China --segundo maior consumidor de petróleo do mundo-- acrescentou pressão nesta segunda-feira.

O contrato novembro do Brent caiu 1,61 dólar, para fechar a 109,81 dólares por barril, tendo atingido uma mínima intradia de 108,78 dólares.

O contrato novembro do petróleo norte-americano caiu 96 centavos, ou 1,03 por cento, para fechar a 91,93 dólares por barril, tendo sido negociado entre 91,06 e 93,18 dólares por barril durante a sessão.

(Reportagem de Robert Gibbons)