Indústria sobe 1,5% em agosto, maior avanço em 15 meses

terça-feira, 2 de outubro de 2012 12:16 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO, 2 Out (Reuters) - A produção industrial brasileira subiu 1,5 por cento em agosto frente a julho, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira. Trata-se do melhor resultado desde maio de 2011, quando a expansão ficou em 1,6 por cento, apesar de ter vindo abaixo do esperado pelo mercado.

Na comparação com agosto de 2011, a produção diminuiu 2,0 por cento.

"O entendimento é que, em agosto, a indústria engrena e pisa no acelerador. Há uma melhora de ritmo e uma expansão disseminada, algo que não se via há algum tempo", disse a jornalistas o economista do IBGE André Macedo.

Analistas entendem que os fortes estímulos dados pelo governo explicam os resultados de agora, mas eles ainda veem que a recuperação vai se dar de forma gradual. Além disso, há expectativas de que o Banco Central vai interromper agora o processo de redução da Selic.

"Nós esperamos que o setor industrial mostre uma modesta recuperação nos próximos meses, ajudado pelos estímulos fiscais", informou a equipe de economistas do Goldman Sachs, por meio de nota, acrescentando que a atividade deve continuar mostrando resultados piores do que outras, particularmente a de serviços.

De acordo com pesquisa da Reuters junto a 19 analistas, a expectativa era de que a produção industrial subiria 2,0 por cento em agosto ante julho. As estimativas variaram de 1,50 a 3,40 por cento. Na comparação anual, a expectativa era de queda de 1,5 por cento.

O IBGE, por outro lado, melhorou o resultado de julho, passando de uma alta de 0,3 por cento sobre junho, para 0,50 por cento agora.

A indústria brasileira tem sido o calcanhar de Aquiles para o crescimento econômico neste ano que, segundo avaliações do governo e do mercado, vai ser retomado neste segundo semestre, após ter sofrido com a crise internacional.   Continuação...

 
Funcionários embalam produtos cosméticos em fábrica da Natura em Cajamar, São Paulo. Produção industrial brasileira subiu 1,5 por cento em agosto frente a julho, segundo dados divulgados pelo IBGE . 01/09/2009 REUTERS/Paulo Whitaker