6 de Outubro de 2012 / às 22:13 / 5 anos atrás

PT e PSB estão em empate técnico em Fortaleza, dizem pesquisas

6 Out (Reuters) - Os candidatos à prefeitura de Fortaleza Elmano de Freitas (PT) e Roberto Claudio (PSB) estão tecnicamente empatados e deverão disputar o segundo turno, indicaram duas pesquisas divulgadas neste sábado, véspera das eleições municipais.

Elmano foi a 26 por cento em pesquisa Ibope, contra 23 por cento em pesquisa em 3 de outubro. Claudio está com 22 por cento, ante 25 por cento. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, o que deixa os candidatos em empate técnico.

Claudio é candidato do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB). Já Elmano é apoiado pela atual prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT).

Moroni Torgan (DEM) está com 17 por cento, contra 15 por cento da pesquisa anterior. O resultado do Ibope o deixa em empate técnico com Claudio, o que aponta chances, ainda que remotas, de o democrata ir para o segundo turno.

Heitor Férrer (PDT) oscilou de 13 por cento para 14 por cento.

O Ibope ouviu 805 pessoas entre os dias 4 e 6 de outubro, em pesquisa encomendada pela TV Verdes Mares.

Os números confirmam o empate técnico revelado em pesquisa Datafolha divulgada mais cedo, na qual Elmano manteve-se com 23 por cento das intenções de voto.

Claudio está com 22 por cento, ante 23 por cento de pesquisa divulgada em 4 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

O candidato Moroni Torgan (DEM) manteve-se com 17 por cento e Heitor Ferrer (PDT) subiu de 11 por cento para 14 por cento.

A pesquisa foi realizada nos dias 5 e 6 de outubro, com 1.737 eleitores. O levantamento foi encomendado pelo jornal O Povo.

SEGUNDO TURNO

Os dois institutos fizeram simulações para o segundo turno.

No Ibope, na disputa Claudio e Elmano, o socialista teria 41 por cento, contra 40 por cento do petista.

Entre Elmano e Férrer, ambos teriam 42 por cento. No cenário Elmano e Moroni, o primeiro tem 46 por cento e o segundo 39 por cento.

Entre Férrer e Moroni, o placar seria 49 por cento contra 36 por cento, respectivamente.

A disputa entre Férrer e Claudio seria vencida pelo primeiro, 43 por cento contra 42 por cento.

O Datafolha simulou seis possíveis cenários para o segundo turno, envolvendo os quatro candidatos. Claudio vence Elmano por 44 por cento contra 38 por cento. O candidato do PSB derrota, também, Moroni, com 46 por cento contra 34 por cento. Contra Ferrer, Claudio vence por 45 por cento ante 39 por cento.

Numa disputa entre Elmano e Moroni, o petista vence por 46 por cento contra 38 por cento. Contra Ferrer, o Datafolha aponta empate em 43 por cento.

Num segundo turno entre Ferrer e Torgan, o candidato do PDT vence com 49 por cento, contra 35 por cento.

Por Hugo Bachega, em Brasília

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below