Para melhorar supervisão da Internet, melhor não fazer nada--EUA

segunda-feira, 8 de outubro de 2012 16:19 BRT
 

GENEBRA, 8 Out (Reuters) - A melhor solução para melhorar a supervisão da Internet pode ser a de não fazer nada, uma alta autoridade dos Estados Unidos disse nesta segunda-feira, durante conversa com a imprensa sobre uma conferência em dezembro que pode decidir a consolidação do controle em um organismo das Nações Unidas.

A International Telecommunication Union, entidade das Nações Unidas que promove a conferência, tem dito que existe um amplo consenso de que o tratado sobre tráfego internacional de voz, dados e vídeos precisa ser atualizado após 24 anos.

Com a rápida expansão da Internet em todo o mundo, os 178 países signatários decidiram estudar formas de elevar a colaboração, com o uso de telecomunicações para impulsionar o desenvolvimento econômico, e tornar as regras mais relevantes e responsáveis para uma indústria em rápida evolução.

No entanto, não fazer nada "não seria um resultado terrível", disse o embaixador dos EUA, Terry Kramer, que vai liderar a delegação do país na Conferência Mundial das Telecomunicações Internacionais, que será realizada em Dubai.

"O caminho natural que nós estamos é muito bom", disse ele a repórteres em Genebra.

"Isso significa que não há coisas que podem melhorar? Absolutamente, há coisas que poderiam melhorar. Mas a melhor coisa a fazer, se você pudesse escolher duas opções, uma é ser prescritivo e entrar em um monte de coisas; outra é deixar as coisas em aberto, estamos muito melhor deixando as coisas em aberto".

(Por Tom Miles)