Oil World vê aumento da dependência global por óleo de palma

terça-feira, 16 de outubro de 2012 13:43 BRT
 

AMSTERDÃ, 16 Out (Reuters) - Grandes quedas na oferta de exportação de óleo de girassol, óleo de colza e óleo de soja vão aumentar a dependência global sobre o óleo de palma este ano, disseram analistas da Oil World nesta terça-feira.

A consultoria, baseada na Alemanha, disse esperar um aumento nas exportações de óleo de palma em 2012/13.

As exportações de óleo de palma caíram no período de abril a setembro deste ano, levando a estoques recordes no segundo maior produtor do mundo, a Malásia.

"Mas a grande queda esperada nas exportações globais de óleo de girassol, colza e óleo de soja em 1,1 milhão de toneladas em conjunto vão contribuir para uma mudança da demanda em favor do óleo de palma", disse a Oil World.

"Os grandes descontos de preços atuais, pouco comuns, do óleo de palma bruto e processado em relação a outros óleos vegetais vão estimular a mudança da demanda em favor do óleo de palma."

O óleo de palma perdeu 20 por cento do mercado de óleos vegetais da Europa desde janeiro deste ano, devido principalmente ao baixo crescimento da economia, estoques recordes na Malásia e uma boa produção tanto na Indonésia quando na Malásia, que juntos representam 90 por cento da oferta global de óleo de palma.

O gap entre o óleo de palma e óleos de soja mais caros se ampliou para 334 dólares em outubro, ante os 145 dólares em janeiro. O desconto do óleo de palma para o óleo de colza mais do que dobrou para 371 dólares, contra 144 dólares em janeiro.

"Os atuais preços atrativos do óleo de palma dão um incentivo para que a mudança ocorra agora", disse a Oil World.

"No entanto, as condições que se aproximam do inverno nas áreas de consumo do hemisfério norte são parcialmente vistas como um fator limitante para o óleo de palma." O óleo de palma engrossa em temperaturas inferior e não é apropriado para uso em biocombustível um clima mais frio.   Continuação...